MORO ORDENA SEQUESTRO DE APARTAMENTO DE LULA, RÉU PELA 5ª VEZ
  • 1.552
  • 0
  • 19/12/2016 
  • redacao
 Lula se tornou réu nesta segunda-feira (19) por corrupção e lavagem de dinheiro.

Lula se tornou réu nesta segunda-feira (19) por corrupção e lavagem de dinheiro.

O juiz federal Sérgio Moro, da 13ª Vara Federal de Curitiba, no Paraná, ordenou o sequestro do apartamento 121 do Edifício Hill House, em São Bernardo do Campo, vizinho ao 122 onde mora o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva em São Bernardo do Campo. O Ministério Público Federal (MPF), que faz a petição, afirma que o ex-presidente ocupa o apartamento que pertence a Glaucos da Costamarques, primo do pecuarista José Carlos Bumlai, amigo de Lula e já condenado na Operação Lava Jato. Segundo o órgão, Lula é o verdadeiro dono do apartamento, que teria recebido como propina da empreiteira Odebrecht. Lula se tornou réu nesta segunda-feira (19) por corrupção e lavagem de dinheiro. A denúncia sobre o apartamento aponta que as propinas pagas pela Odebrecht, no esquema que seria liderado pelo ex-presidente, chegaram a R$ 75 milhões em oito contratos com a Petrobrás e incluíram terreno de R$ 12,5 milhões para o Instituto Lula e cobertura vizinha à residência de Lula em São Bernardo de R$ 504 mil. A denúncia afirma que, durante a Operação Aletheia, desdobramento da Lava Jato, em março, durante a condução coercitiva de Lula, ficou constatado que ele não ocupava apenas o apartamento 122, como também o 121. Para complicar ainda mais a situação do ex-presidente Lula, aceitou nova denúncia do Ministério Público Federal. A denúncia é relativa à compra de um terreno para a construção da nova sede do Instituto Lula e um imóvel vizinho ao apartamento do ex-presidente, em São Bernardo do Campo (SP). Está é quinta ação penal aberta contra Lula, a terceira em processos relacionados à Lava Jato. Além disso, ele também é réu nas Operações Zelotes e Janus. Lula foi indiciado pelo crime de corrupção passiva, enquanto as demais pessoas citadas foram indiciadas por lavagem de dinheiro. (Veja)