SERVIDORES EM “CABO DE GUERRA” COM DIRETOR DA CEPLAC
  • 611
  • 1
  • 17/03/2017 
  • redacao
 O Diretor, Juvenal Maynart é acusado de ignorar o Projeto de Revitalização do Orgão

O Diretor, Juvenal Maynart é acusado de ignorar o Projeto de Revitalização do Orgão

Um cenário de divergências marca o atual momento da Ceplac – há seis meses transformada em departamento do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), através do Decreto 8852, de 20 de setembro de 2016. De um lado, o Conselho das Entidades Representativas dos Servidores (CE) acusa o diretor, Juvenal Maynart, de ignorar uma minuta de Projeto de Revitalização, elaborada ao longo de seis meses. E quer a saída dele do cargo. De outro, o gestor alega estar agindo para adaptar a estrutura à nova realidade. Acompanhe, então, os argumentos de cada ponta desse imbróglio.O coordenador do Conselho, o Agente de Atividade Agropecuária José Bezerra da Rocha, informou ao Diário Bahia que a proposta, da qual é relator, é assinada por representações como: Governo do Estado, Ceplac, Amurc, Agricultura Familiar, Câmara Federal, UFSB, UESC, IfBaiano, FAEB e Assembleia Legislativa. Tais instituições formam a CRC (Comissão de Revitalização da Ceplac), presidida pelo deputado federal Davidson Magalhães (PCdoB). (Fonte: Diário Bahia)


  1. Candido Alves dos Reis disse:

    Esse Diretor foi encomendado, no intuito de Desmontar a CEPLAC.
    Quando assumiu a Superintendencia Regional, também não disse pra que veio.