DERROTA PARA O SUL DA BAHIA, GERALDO SIMÕES NÃO CONSEGUIU REELEIÇÃO
  • 2.518
  • 2
  • 06/10/2014 
  • redacao

 

Geraldo Simões era um parlamentar  atuante, e já conseguiu grandes benefícios para a região

Geraldo Simões era um parlamentar atuante, e já conseguiu grandes benefícios para a região

O eixo Ilhéus-Itabuna perdeu ainda mais representatividade nos parlamentos estadual e federal. A apuração  foi  encerrada. Geraldo Simões (PT) não conseguiu reeleição à Câmara dos Deputados, assim como os deputados estaduais Ângela Souza (PSD) e Coronel Santana (PTN).

Dos novatos na disputa, Davidson Magalhães ficou na quarta suplência de sua coligação à Câmara dos Deputados. Aldenes Meira, também do PCdoB, ficou abaixo dos 20 mil votos, assim como Capitão Azevedo (DEM) e Thiago Simões (PSL)

Apenas Bebeto (PSB), de Ilhéus, mas com presença em todo o estado, conseguiu vaga à Câmara Federal, e Augusto Castro (PSDB) foi reeleito.

Itabuna foi um desastre para as pretensões de Davidson e Geraldo particularmente.

Geraldo esperava em torno de 25 mil votos no município, baseando-se em pesquisas de intenções de voto. Teve 16.518. Davidson Magalhães, dono de vistosa campanha, cravou 14.153 votos. (Pimenta)


  1. Jorge gomes disse:

    A região não perdeu nada com a não eleição desse picareta do Geraldo e do seu filho. Ele deveria era está na cadeia por ter trazido a vassoura de bruxa para a região. Ele apenas perdeu uma eleição e muita gente na região perdeu o patrimônio e ooutros o emprego.Já vai tarde miserável.

  2. Jonas disse:

    Esse sujeito acabou com a vida de muita gente!