PREFEITO DE IBIRAPITANGA É ACUSADO DE GASTAR MAIS DE 128 MIL EM OBRA FANTASMA
  • 737
  • 0
  • 27/03/2017 
  • redacao
Segundo o vereador, o prefeito está na mira do TCM por diversas irregularidades

Segundo o vereador, o prefeito está na mira do TCM por diversas irregularidades

O Vereador  Agnal Pinheiro dos Santos conhecido como (Guilardo (PP),  denunciou o prefeito municipal Isravan Lemos Barcelos por ter pago uma vultosa quantia por uma obra fantasma no município. A denuncia ocorreu durante sessão ordinária do dia 20 de março. O edil usou a tribuna da casa para apresentar documentos onde consta em uma das  prestações  de contas da prefeitura  em que o chefe do executivo pagou a empresa JOELMA SOUZA SANTANA ME (GRUPO LADEIRA), a importância de R$ 128,844,38, pela construção da CENTRAL DE PROCESSAMENTO DE RESÍDUOS SÓLIDOS, conforme contrato 047/2014. Só que essa obra até o momento não foi localizada no município.

Documento  do TCM comprovam a irregularidade

Documento do TCM comprovam a irregularidade

 O parlamentar disse ao site ubaitaba urgente,  que o prefeito Isravan Lemos Barcelos (PSD) já foi citado pelo Tribunal de Contas dos Municípios, para prestar esclarecimentos sobre esta e outras irregularidades. Os Vereadores , Guilardo, Nêgo de Antônio Máximo, Everaldo e Ivan Come Sapo, aproveitaram para fazer uma visita ao aterro sanitário de Ibirapitanga, que se transformou num verdadeiro LIXÃO.

O  chourume que sai do lixão está contaminando o Rio Oricõ

O chourume que sai do lixão está contaminando o Rio Oricõ

Foi constatado ainda, que o chorume que escoa do lixo, pode estar contaminando o Rio Órico, e pode afetar a saúde dos moradores de Ibirapitanga e Travessão, que consomem a água, que é captada do rio.