BOLSONARO É CONDENADO A PAGAR R$ 50 MIL APÓS FALA RACISTA SOBRE QUILOMBOLAS
  • 79
  • 0
  • 03/10/2017 
  • Redação

 

O deputado federal Jair Bolsonaro (PSC-RJ) foi condenado pelas declarações racistas sobre quilombolas que proferiu em abril no Clube Hebraica, no Rio de Janeiro, entidade da comunidade judaica. Em palestra, ele declarou que não fará demarcação de terras indígenas e quilombolas caso seja eleito presidente do Brasil. Na sequência, ele disse que as reservas indígenas e quilombolas atrapalham a economia. “Eu fui num quilombo. O afrodescendente mais leve lá pesava sete arrobas. Não fazem nada. Eu acho que nem para procriador ele serve mais. Mais de R$ 1 bilhão por ano é gasto com eles”. Segundo informações da coluna de Ancelmo Góis, do jornal O Globo, a sentença foi emitida pela juíza Frana Elizabeth Mendes, da 26ª Vara Federal do Rio em resposta a ação movida pelo Ministério Pública Federal (MPF). A decisão determinou que Bolsonaro seja pague R$ 50 mil por danos morais.