JAGUARARI: MP APONTA NEPOSTISMO E PEDE AFASTAMENTO DE SECRETÁRIO E SETE VEREADORES
  • 217
  • 0
  • 20/10/2017 
  • Redação

O Ministério Público da Bahia (MP-BA) pediu à Justiça que suspenda a nomeação e determine o afastamento do secretário municipal de Obras de Jaguarari, João Marques de Melo, e sete servidores da prefeitura, por nepotismo.
Segundo o MP, seis servidores são sobrinhos do secretário e a mulher de um deles trabalham no local.

O pedido foi realizado em ação civil pública por ato de improbidade administrativa ajuizada na terça-feira (17), pelo promotor de Justiça Jair Antônio Silva de Lima. O órgão, agora, aguarda decisão judicial, que pode ser favorável ou não ao pedido.

A ação é movida contra o prefeito da cidade, Everton Carvalho Rocha. Segundo o promotor, o prefeito teria decretado as nomeações como “benefício próprio e também pessoal ao secretário municipal e ao vereador”.

A ação também aponta que a prefeitura municipal não atendeu a uma recomendação expedida pelo MP, há quatro meses, para que fossem identificados e coibidos os casos de nepotismo. Em definitivo, o órgão pede a condenação de todos por prática de improbidade. (Boca News)