AUMENTO DA PENA DE VACCARI É VISTA COMO SINALIZAÇÃO PARA O JULGAMENTO DE LULA EM 2ª INSTÂNCIA
  • 62
  • 0
  • 07/11/2017 
  • Redação

A decisão do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4) de aumentar a pena do ex-tesoureiro do PT, João Vaccari Neto, de 10 para 24 anos de prisão foi vista como uma “sinalização” de como será o julgamento que o ex-presidente Lula enfrentará em segunda instância.

A avaliação é do deputado federal Wadih Damous (PT-RJ), um dos poucos petistas a falar abertamente sobre o assunto na Câmara dos Deputados, em entrevista ao blog ‘O Antagonista

 

“Talvez seja uma sinalização. Talvez essa turma, pelo fato de ter absolvido o Vaccari por duas vezes por falta de prova, tenha se sentido no dever de, ‘não, vamos mostrar à opinião pública que somos duros, que nós não somos lenientes’. Pode ser uma sinalização para processos futuros”.

Lula foi condenado pelo juiz Sergio Moro no último 12 de julho a nove anos e seis meses de prisão pelos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro no caso do tríplex do Guarujá. Em 23 de agosto a condenação chegou ao TRF4.

Damous  considerou ainda que a decisão do colegiado do TRF4 sobre Vaccari foi “teratológica, monstruosa e sem cabimento”, não levando em conta aspectos técnicos dos autos.

“Mostra que hoje na justiça brasileira esses processos são julgados politicamente, seja para condenar seja para absolver […] A menor das preocupações hoje desses juízes é com o que se contém nesse processo”, completou.