DESTAQUE EM SAÚDE: ANVISA PROÍBE QUATRO ALISANTES DE CABELO POR EXCESSO DE FORMOL
  • 311
  • 0
  • 22/03/2018 
  • redacao

Foto: Getty Images

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) proibiu, nesta terça-feira (20), a comercialização, divulgação e uso de quatro alisantes de cabelo. De acordo com publicação no Diário Oficial da União, foi identificada a presença de formol nos produtos, em níveis acima do limite tolerado pela legislação. Foram proibidos todos os lotes de Maxxdonna Profissional Matutinha Máscara 02 Redutora de Volume, fabricado pela G.A.M; todos os lotes de 2 Step Ingel Maxx Premium Forever Liss Professional, fabricado até 31/10/2017 pela ITC Cosméticos; o lote 054 Forever Liss Botox, da empresa Aguss Insdústria e Comércio de Cosméticos LTDA-ME; e o lote 5444 Bio Amazônica – Argila Terapia, fabricado por Embratec Envaso LTDA. As análises de Pesquisa de Formaldeído (formol) foram feitas pelo Laboratório Central de Saúde Pública de Pernambuco. BN