CRISE LEVA EMPRESAS A FECHAR AS PORTAS EM UBAITABA
  • 414
  • 0
  • 01/06/2018 
  • Redação

A Casas Ferreiras funcionava ha mais de 20 anos no comércio de Ubaitaba

Com muitos  anos de funcionamento no comércio de Ubaitaba ,  a Casas Ferreiras fechou as portas .  Localizada no inicio da Avenida Presidente Vargas no centro da cidade, a empresa atuava no setor de móveis e eletrodomésticos e gerava  em torno de quatro  a cinco empregos  diretos. Esse ano outra importante empresa, a Calheira/Almeida que atuava no   ramo de Compras de Cacau,  também fechou suas portas. Os clientes, principalmente, os mais antigos,  lamentaram  a perda.

A crise na região cacaueira com a quada na produção de cacau, principal produto, aliado a crise economia brasileira,  fez 16.897 empresas baianas fecharem as portas em 2016. Nos últimos dez anos, a quantidade de fechamentos mais do que dobrou e atingiu o recorde da série histórica divulgada pela Junta Comercial da Bahia (Juceb). Os setores de comércio e serviços foram os mais afetados, com 14.118 mil empresas, o que corresponde a 83,5% do volume total de empreendimentos que fecharam as portas no último ano. (jornmaltribunadaregiao.com.br)