TRANSEXUAL TEM PRÓTESE DE SILICONE ARRANCADA DURANTE BRIGA EM CONQUISSTA
  • 470
  • 0
  • 29/07/2018 
  • redacao

Uma transexual tentou matar outra na avenida Integração, na noite deste sábado (28), em Vitória da Conquista. Testemunhas disseram que a agressora discutia com a vítima, de nome Talita, quando começou a golpeá-la com uma faca. A vítima tentou se defender, mas foi ferida nas mãos e no peito. Um dos seios foi atingido e a prótese arrancada. A polícia identificou a transexual William Gomes Silva (Priscila), natural de Caatiba, como sendo a suspeita de esfaquear Talita. A Polícia Militar esteve na casa da suspeita, que tinha acabado de pegar algumas peças de roupa e fugido. No imóvel, os militares encontraram a faca que provavelmente foi utilizada no crime. As primeiras informações dão conta que a motivação do crime seria o desacordo financeiro de um serviço sexual. Priscila é apontada pelas transexuais, amigas da vítima, como sendo a cafetina da área. Em sites privados a suspeita se denomina, cavala – a boneca mais safada. A vítima foi atendida pelo Samu 192 e encaminhada ao hospital de Base. Seu estado de saúde é considerado grave. A Polícia Civil já está no caso e busca informações sobre o crime. (Blitz Conquista)