REVISTA BRITÂNICA CHAMA BOLSONARO DE “AMEAÇA DA AMÉRICA LATINA”
  • 65
  • 0
  • 20/09/2018 
  • redacao

 

O presidenciável Jair Bolsonaro foi classificado em matéria de capa da revista britânica ‘The Economist’, publicada nesta quinta-feira (20), como “a mais recente ameaça da América Latina”. Segundo a publicação, o candidato seria “um presidente desastroso”.

A capa mostra uma fotografia estilizada do candidato com as cores do Brasil. Os dizeres “Bolsonaro Presidente” aparecem sobrepostos à imagem de Bolsonaro. Ao lado, a chamada: “Latin America’s latest menace” (a mais recente ameaça da América Latina).

O texto diz que Bolsonaro é o mais recente em um “desfile de populistas”. O texto compara o candidato do PSL a políticos de diferentes matizes do espectro político, como Donald Trump (presidente dos Estados Unidos) e Rodrigo Duterte (presidente das Filipinas), Matteo Salvini (premiê da Itália) e Andrés Manuel López Obrador (presidente eleito do México).

Na matéria, a “The Economist” afirma que a América Latina “já experimentou mistura de autoritarismo na política com economia liberal”, mencionando o conselheiro econômico de Bolsonaro, Paulo Guedes.

A revista cita a ditadura chilena de Augusto Pinochet (1973-1990) como um exemplo dessa combinação em que, diz o texto, “abriu terreno para a atual prosperidade relativa no Chile, mas sob um terrível custo humano e social”.