NA SOMBRA DO PODER: UM BOMFIM DE REENCONTRO
  • 443
  • 0
  • 18/01/2019 
  • redacao

 

Nada mais chamou a atenção na Lavagem do Bonfim deste ano do que a cena em que Rui Costa (PT) e ACM Neto (DEM), adversários políticos com acalorados debates de outrora, deram a mão um ao outro e rezaram juntos no ato ecumênico na frente da Igreja da Conceição da Praia. Tudo bem, não é ano eleitoral, a bandeira branca parece estar levantada, tamanho foi o entrosamento. Mas deixa só 2020 chegar um pouco mais…

Junto e misturado

Quem acompanhou o cortejo notou uma diferença em relação ao ano anterior: os grupos do governador petista e do prefeito democrata não formaram uma claque tão coesa e ruidosa. Talvez pelo fato de 2019 não ser ano de eleição, o clima entre as duas “torcidas” esteve menos tenso. Em alguns momentos, chegaram até a se misturar. Na Lavagem de 2018, não foram economizadas vaias e gritos de “Neto governador”.

Por: Mateus Pereira/GOVBA)