ESPECIALISTA DO CENTRO DE DIABETES ALERTA SOBRE OS CUIDADOS COM A SAÚDE NO VERÃO
  • 347
  • 0
  • 19/01/2019 
  • redacao

 

O verão, que coincide com as férias escolares e muitas festas, é a estação em que as pessoas tendem a relaxar, esquecendo-se, muitas vezes, de cuidados importantes para manter a saúde. A nutricionista do Centro de Diabetes e Endocrinologia da Bahia (Cedeba), Ísis Teodoro, destaca que, com bom senso, dá para aproveitar, relaxar e ficar bem, mas sem tirar férias da saúde.

Com o aumento da temperatura é preciso redobrar a atenção com a ingestão de líquidos, porque com a maior eliminação de suor, é essencial mais hidratação. Pessoas que não dão atenção à necessidade de tomar, pelo menos, dois litros de água por dia devem reforçar esse cuidado no verão, como observa a nutricionista do Cedeba.

Além da água, Isis Teodoro revela que deve-se beber água de côco (sem excesso), tomar suco de frutas (preferindo as frutas suculentas como melão, abacaxi, melancia), picolés (de frutas, principalmente). Outra opção é água, onde se coloca uma fatia de laranja, uma casquinha de canela – Água perfumada ou saborosa, como as pessoas chamam.

Com férias e festas, as pessoas tendem a aumentar o consumo de bebidas alcoólicas, mas é preciso cuidado, segundo a nutricionista, porque o álcool também exige maior hidratação do corpo. E para pessoas com excesso de peso é preciso muita atenção já que as bebidas alcoólicas levam também ao maior consumo de tira-gostos, aumentando a ingestão de calorias.

CUIDADOS NA ESCOLHA

As altas temperaturas do Verão, segundo explicou a nutricionista, favorecem a proliferação de bactérias, aumentando o risco de contaminação dos alimentos. Logo – explicou – ao ir à praia é mais seguro levar o lanche de casa, principalmente para crianças de pouca idade. E ao comprar alimentos na rua, ter cuidado na escolha, observando a conservação, o aspecto. Os problemas gástricos decorrentes da ingestão de alimentos contaminados, segundo a nutricionista, são sempre mais perigosos em crianças e idosos, grupos que exigem ainda mais cuidados.

Em casa, com as crianças em férias, também é possível oferecer lanches saudáveis, se possível preparados pela família, como biscoitos, bolo de chocolate (com cacau em pó em substituição aos achocolatados, ricos em açúcar), picolés de frutas.

De acordo com Ísis Teodoro, é importante envolver a criança na preparação dos alimentos, oportunidade para ela aprender os nomes das frutas, a sentir como os alimentos são transformados. É também – pontuou – oportunidade para a criança valorizar aspectos sociais, ao reconhecer a importância do trabalho realizado pelas domésticas ou pelas mães.

Mas não basta cuidar dos alimentos. Férias escolares deve ser oportunidade para a criança se exercitar por meio de brincadeiras, destaca a nutricionista. “E esses momentos são mais interessantes, quando compartilhados com outras crianças. O piquenique é um exemplo de atividade muito interessante pela integração que proporciona”, completou.

CUIDADOS ESPECIAIS

No caso das crianças com diabetes, é preciso continuar observando o Plano Alimentar. Mas se ela estiver brincando, correndo pulando, os pais ou quem cuida da criança, precisa ficar atento para oferecer 15 gramas de carboidratos (uma fruta, um iogurte diet, três biscoitos) após cada hora de atividade para evitar a possibilidade de hipoglicemia (se manifesta com cansaço, fome, extremidades frias), que impede até que o nível glicêmico volte à normalidade, que a criança continue brincando.

Tanto para pessoas com diabetes, hipertensão ou obesidade a chave para ficar bem no Verão, como em todas as estações do ano, é o equilíbrio, resume a nutricionista Ísis Teodoro.