PM E EX-PM SÃO PRESOS POR MORTE DE MARIELLE E ANDERSON
  • 156
  • 0
  • 12/03/2019 
  • redacao

 

 

A Polícia Civil e o Ministério Público prenderam dois policiais militares suspeitos de terem participado dos assassiantos da vereadora Marielle Franco (PSol) e do motorista Anderson Gomes. As prisões aconteceram na manhã desta terça-feira (12), no Rio de Janeiro. Os crimes completam 1 ano na próxima quinta-feira (14). De acordo com informações da TV Globo, o sargento aposentado Ronnie Lessa, 48 anos, é apontado como o homem que atirou contra a vereadora. Os disparos também atigiram o motorista Anderson Gomes. O policial Élcio Vieira de Queiroz, 46, teria dirigido o carro que levava Ronnie. Ainda segundo a TV Globo, Ronnie estaria no banco de trás do Cobalt e teria feito os disparos. A investigação da polícia aponta que Ronnie fazia pesquisas sobre a rotina de Marielle Franco desde outubro de 2017. Ele também pesquisava sobre o deputado Marcelo Freixo (PSOl). Ronnie também teria pesquisado sobre o interventor militar que estava atuando no Rio de Janeiro, o general Braga Neto. A Polícia e o MP cumprem 34 de busca e apreensão de outras pessoas que teriam envolvimento com a morte da vereadora.