MAIS DE 21 MILHÕES DE PESSOAS AINDA NÃO SE VACINARAM CONTRA A GRIPE
  • 305
  • 0
  • 22/05/2019 
  • redacao

 

Sul da Bahia tem baixa vacinação contra a gripe

A menos de duas semanas para o fim da campanha, apenas 63,4% do público-alvo se vacinou contra a gripe no país, um total de 37,7 milhões de pessoas. Outras 21,8 milhões de pessoas ainda não foram imunizadas contra os tipos graves do vírus da influenza (A H1N1; A H3N2 e influenza B).

A Campanha Nacional de Vacinação contra a influenza (gripe), que teve início no dia 10 de abril, continua até o fim da próxima semana, no dia 31 de maio. Os grupos que menos se imunizaram foram os profissionais das forças de segurança e salvamento (24%), população privada de liberdade (32,2%), pessoas com comorbidades (54%), trabalhadores de saúde (60,9%), crianças (61,5%) e gestantes (63,2%).

Os estados com maior cobertura são Amazonas (93,6%), Amapá (85,5%), Espírito Santo (75,3%), Alagoas (73,4%), Rondônia (72,6%) e Pernambuco (72,2%). Já os estados com menor cobertura são Rio de Janeiro (45,8%) Acre (49,7%), São Paulo (57,0%), Roraima (57,4%) e Pará (59,2%).

CASOS DE GRIPE NO BRASIL

Neste ano, até 11 de maio, foram registrados 807 casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) por influenza em todo o país, com 144 mortes. Até o momento, o subtipo predominante no país é o vírus influenza A (H1N1), com registro de 407 casos e 86 óbitos.

A Campanha Nacional de Vacinação Contra a Influenza teve início no dia 10 de abril em todo o país. No primeiro momento, foram priorizadas as crianças e gestantes. A vacinação está aberta para todos os públicos desde o dia 22 de abril.