ESTUDANTES DE UBAITABA DEFENDEM INCLUSÃO EM ALEGRE CAMINHADA PELAS RUAS DA CIDADE
  • 205
  • 0
  • 01/09/2019 
  • redacao

 

Milhares de crianças e adolescentes, pais e professores de escolas da Rede Municipal de Educação de Ubaitaba portando cartazes, faixas, bonecos, fantasias e vestindo roupas multicoloridas defenderam a inclusão de pessoas com deficiência intelectual e múltipla pelas ruas, avenidas e praças da cidade na manhã desta sexta-feira, dia 30. Foi o evento de encerramento pelas escolas das atividades da Semana Nacional de Inclusão da Pessoa com Deficiência Intelectual e Múltipla de 2019. Trilha sonora com canções de Gilberto Gil e Preta Gil (Ser Diferente é Normal), Titãs (Epitáfio e Enquanto Houver Sol), Mc Pikeno e Menor (Valeu Amigo), Ana Vilela (Trem Bala) e Toquinho (Aquarela) entremearam citações de Cora Coralina, Paulo Freire, Ainscow – Bartholo Tunes, Dulce Barros, dentre outros, destacam a importância da inclusão no cotidiano da comunidade. “O direito à Educação Inclusiva é a soma entre a política pública e a prática dentro da Escola – a Inclusão não ocorre por decreto, mas pela aceitação da diversidade” dizia o locutor da trilha citando excertos de Andréa Ramal e Rubem Alves. Para a secretária da Educação, Roberta Carneiro Vasconcelos, a segunda edição da Semana Nacional de Inclusão reforça o trabalho da gestão da prefeita Suka Carneiro na construção de uma cidade melhor para os cidadãos.

Ela lembrou que a Prefeitura de Ubaitaba mantém atendimentos educacionais especializados no Centro de Apoio Psicopedagógico da Educação Inclusiva (CEAPE), estendido às Salas de Recursos Multifuncionais nas unidades escolares. Já o titular da Delegacia Territorial da Polícia Civil, delegado Adelino Loyola de Andrade Neto, destacou que agentes também participam da caminhada e dos demais eventos porque é necessário que o direito dessas pessoas seja efetivamente garantido. “É muito importante este trabalho de inclusão do CEAPE que é muito eficaz. A Polícia Civil atua em conjunto para apurar eventuais crimes que envolvam crianças e adolescentes portadores de deficiência. É preciso evitar violações dos seus direitos. A inclusão tem de ser fomentada não só pela Prefeitura como pela comunidade”, afirmou o delegado Adelino Loyola Neto. Sob o tema “Família, Escola e Pessoa com Deficiência: Protagonistas da Inclusão”, a caminhada teve inicio às 9 horas, saindo da Praça Santa Antônio em direção à Praça Cultural onde teve a apresentação de musical para surdos. (Fonte ASCOM-Assessoria de Comunicação/Prefeitura de Ubaitaba)