POLÍCIA CIVIL PARA POR 24 HORAS NA PRÓXIMA TERÇA- FEIRA (11)
  • 366
  • 0
  • 08/08/2020 
  • redacao

Na manhã da última quarta-feira (5), as entidades representativas dos policiais civis realizaram uma Assembleia Geral Extraordinária, através do aplicativo Zoom. Mais de 250 servidores, entre delegados, investigadores, escrivães e peritos participaram da reunião remotamente. Entre as pautas aprovadas, a paralisação de 24h marcada para o próximo dia 11 de agosto (terça-feira), com carreata saindo do prédio da Polícia Civil, na Piedade até o prédio da Governadoria, no CAB. Durante a assembleia, as lideranças sindicais ouviram atentamente as angústias e descontentamentos dos policiais civis quanto ao descaso do Governo da Bahia em relação aos protocolos de segurança em combate ao coronavírus. De acordo com o último boletim publicado pelo Sindipo, pois a Polícia Civil não vem dando transparência a esses dados, mais de 450 policiais já haviam sido contaminados e foram registradas seis mortes, sendo que o número de pessoas positivas pela Covid-19 não para de crescer e as delegacias se tornaram um local de transmissão. Diante do quadro, os servidores aprovaram também a expedição de ofícios que serão entregues na Governadoria e na Secretaria de Relações Institucionais (Serin) solicitando a implantação do protocolo de biossegurança para prevenção da Covid-19, liberação dos testes nas unidades policiais e pagamento do adicional de insalubridade. Além disso, será feita uma denúncia junto ao Ministério Público do Trabalho referente à determinação do delegado geral, Bernardino Brito, em proibir a testagem rápida nas delegacias territoriais e sede do DPT.