VOLUNTÁRIO BRASILEIRO MORRE, ESTUDOS DA VACINA CORONAVAC PARAM
  • 359
  • 0
  • 10/11/2020 
  • redacao

 

 

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) suspendeu os estudos clínicos envolvendo a vacina CoronaVac, que vem sendo testada pelo Instituto Butantã e uma empresa chinesa Sinovac. O imunizante está no centro de uma disputa política entre o presidente Jair Bolsonaro e o governador de São Paulo, João Dória. A Anvisa afirma, em nota, que a interrupção dos estudos tem como base “ocorrência de evento adverso grave” durante os estudos clínicos. Um brasileiro que participava dos testes morreu e as consequências estão sendo investigadas. A suspensão dos estudos com a CoronaVac foi anunciada no dia em que a Pfizer anunciou que sua vacina, com a BioNTech, tem 90% de eficiência. Veja a íntegra da documento da Anvisa. “Após ocorrência de Evento Adverso Grave a Anvisa determinou a interrupção do estudo clínico da vacina Coronavac.