COM 2 GLOS DE NEYMAR NO 1º TEMPO, BARCELONA ELIMINA PSG EM RITMO DE TREINO
  • 510
  • 0
  • 22/04/2015 
  • redacao

NEYMAR

Depois de ter conquistado larga vantagem no duelo de ida das quartas de final, no jogo no qual Suárez deu show com dois golaços na vitória por 3 a 1, na França, o Barcelona voltou a vencer o Paris Saint-Germain nesta terça-feira(21), no Camp Nou, desta vez por 2 a 0, para ir às semifinais da Liga dos Campeões. Os dois gols da partida foram marcados por Neymar, já no primeiro tempo, sendo que o brasileiro já havia feito o primeiro de sua equipe no confronto realizado na capital francesa na semana passada.

O fato de o brasileiro ter balançado as redes por duas vezes já com 33 minutos de jogo nesta terça tornou a partida um verdadeiro amistoso de luxo para o Barça, que passou a jogar em ritmo de treino e sem grandes preocupações, pois sabia que o rival precisaria fazer quatro gols para ir à próxima fase.

Nem a volta de Ibrahimovic, que não atuou no confronto de ida do mata-mata por estar suspenso, foi suficiente para dar ao PSG alguma chance de ameaçar a classificação do Barça. Classificação que o próprio técnico Laurent Blanc admitiu, um dia antes da partida, que estava praticamente decretada antes de a bola rolar, tamanho o favoritismo do time espanhol após o placar obtido na partida de ida.

E o favoritismo começou a se transformar em realidade ainda mais evidente aos 13 minutos do primeiro tempo. Iniesta, lembrando os seus tempos em que era o garoto veloz e habilidoso do meio-campo da equipe catalã, saiu fazendo fila na intermediária, deixou vários defensores para trás e tocou para Neymar. O atacante passou fácil pela marcação de David Luiz, que já tomara duas canetas de Suárez nos dois gols do uruguaio no jogo de ida, driblou o goleiro Sirigu e tocou para o gol vazio.

Pouco depois, Ibrahimovic chegou a empatar para o PSG, mas estava claramente impedido. E o gol anulado foi apenas um pequeno susto para a torcida do Barça, que era absoluto no jogo e quase voltou a marcar aos 24 minutos, em lance no qual Daniel Alves obrigou Sirigu a fazer uma defesa e depois Neymar cabeceou para o goleiro evitar o gol na sequência.

O segundo gol do Barça, porém, acabou saindo de uma trama que envolveu os dois jogadores brasileiros. Aos 33 minutos, Daniel Alves gingou para cima da marcação do seu compatriota Maxwell pela direita e cruzou para Neymar, livre entre dois defensores, cabecear no canto direito baixo do goleiro.

Naquele momento o Barça já decretava a sua classificação e o PSG sabia que apenas um milagre poderia levá-lo às semifinais. O time francês até aumentou o seu volume ofensivo na etapa final, no decorrer da qual Blanc mandou Lucas, Lavezzi e Rabiot a campo, mas eles pouco conseguiram fazer.

Lucas até levou perigo em duas finalizações, enquanto David Luiz foi outro que desperdiçou boa chance de marcar após boa jogada do meia-atacante brasileiro.

Do outro lado, em ritmo de amistoso de Luxo, o técnico Luis Enrique ainda sacou Suárez, Iniesta e Busquets e colocou Roberto, Xavi e Pedro em campo. Messi, no final, ainda quase fez o terceiro em finalização da meia-lua, mas o Barça não precisava de mais nada. Já com a cabeça nas semifinais, o time catalão agora apenas espera pela definição do seu próximo adversário, que será conhecido em sorteio na próxima sexta-feira (24).