JUIZ ERRA, VITORIA PERDE PARA O NACIONAL E FICA FORA DA SUL-AMÉRICA
  • 618
  • 0
  • 17/10/2014 
  • Redação
O torcedor acreditou e foi ao Barradão, mas o Nacional jogou água no chope rubro-negro

O torcedor acreditou e foi ao Barradão, mas o Nacional jogou água no chope rubro-negro

Em jogo apático, o Vitória perdeu para o Atlético Nacional por 1 a 0, no Barradão, e deu adeus à Copa Sul-Americana. O rubro-negro construiu vantagem na partida de ida, empatando por 2 a 2 fora de casa, e precisava apenas de um empate sem gol para avançar, mas não conseguiu o resultado. O próximo compromisso do Vitória é contra o Cruzeiro, domingo, às 17h30, no Barradão, pelo Brasileiro.

Primeiro tempo
No começo do jogo, parecia que quem precisava ganhar a partida era o Vitória, o time baiano foi pra cima nos primeiros minutos de jogos e chegou bem no campo de ataque. A partir dos 15 minutos, os baianos reduziram o ritmo e deixaram o Nacional igualar as ações. Mesmo assim, o time colombiano não chegou com perigo ao gol de Gatito Rodrigues.

A melhor chance do leão aconteceu aos 43 do primeiro tempo, quando Vinicius roubou a bola pelo lado direito e cruzou para a finalização de Dinei espetacularmente defendida pelo goleiro Armani. Esta foi a terceira finalização ao gol do Nacional feita pelo Vitória, enquanto o time visitante não achou o gol do Gatito no primeiro tempo.

Segundo tempo
No segundo tempo o Vitória começou melhor de como terminou o primeiro. O time de Ney Franco melhorou a marcação e neutralizou o bom toque de bola dos colombianos. Porém, o Nacional chegou aos 14 minutos, quando Cardona ariscou de muito longe para fora. O Rubro-Negro respondeu somente aos 23, quando Luiz Gustavo ariscou de fora da área, mas sem direção.

Aos poucos o Vitória perdeu o poder de marcação que tinha no começo do jogo e foi deixando o time do Nacional tocar e ir chegando na área Vitória. Aos 25, em cobrança de escanteio, Bocanegra aproveitou bobeira da defesa do Vitória e chutou para o fundo das redes. 1 a 0 Nacional, o suficiente para o time Colombiano se classificar.

O Vitória até que tentou reagir, aos 40 Dinei, em posição claramente legal, recebeu passe de Luiz Aguiar e chutou forte para o fundo das redes, mas o árbitro marcou impedimento, para revolta do torcedor que foi ao Barradão. Aos 46 Willian Henrique ainda teve chance a última chance de empatar ao receber bola pela esquerda e chutar cruzado, mas a redonda saiu para fora.

Terminou assim o sonho dos torcedores baianos de terem um Ba-Vi na quartas-de-finais de uma Competição internacional. Ontem foi o Bahia que saiu de forma melancólica, hoje foi o Vitória que saiu de forma apática.