SÉRIE DE ATAQUES DEIXA PELO MENOS 20 MORTOS EM SÃO PAULO
  • 868
  • 0
  • 14/08/2015 
  • redacao
Série de ataques deixa pelo menos 20 mortos em Osasco e Barueri, na Grande São Paulo (Foto: Reprodução/TV Globo)

Série de ataques deixa pelo menos 20 mortos em Osasco e Barueri, na Grande São Paulo
(Foto: Reprodução/TV Globo)

Uma série de ataque deixou pelo menos 20 pessoas mortas e outras sete feridas nas cidades de Osasco e Barueri, na Grande São Paulo. As duas situações aconteceram de forma semelhante na noite desta quinta-feira (13). Em um intervalo de duas horas e meia, homens encapuzados passaram de carros por diversos locais atirando.

De acordo com o jornal Folha de S. Paulo, testemunhas relataram que os atiradores perguntavam se as vítimas tinham antecedentes criminais, e que a resposta definia a vida ou morte das pessoas. Dez dos 20 mortos estavam em um bar no bairro Munhoz Junior, em Osasco.

Quatro morreram no local no momento do ataque. Outras seis pessoas morreram após dar entrada no Hospital Jardim Mutinga. Ao todo, 17 pessoas foram assassinadas em Osaco e três em Barueri.

“Nunca vi uma noite com tantos mortos em São Paulo”, disse um perito da Polícia Civil, que preferiu não se identificar, em entrevista à Folha. Segundo o dono de um bar no Parque dos Camargos, em Barueri, quatro homens com toucas ninjas desceram de um carro e invadiram o estabelecimento.

Testemunhas relatam que alguns atiradores perguntavam se as pessoas tinham antecedentes criminais; resposta definia morte (Foto: Reprodução/TV Globo)

Testemunhas relatam que alguns atiradores perguntavam se as pessoas tinham antecedentes criminais; resposta definia morte (Foto: Reprodução/TV Globo)

Eles perguntaram quem tinha passagem pela polícia e atiraram em duas pessoas, que morreram no local. Os demais clientes fugiram do bar.

A Polícia Civil de São Paulo ainda não confirmou se os ataque têm ligação, mas as câmeras de segurança do bar em Barueri serão usadas na tentativa de identificar pelo menos quatro atiradores.

O estado de saúde dos feridos, que estão internados em diversos hospitais locais, não foi divulgado. Entre as vítimas há pelo menos duas mulheres.  Correio da Bahia