‘O SR. RESPEITE O JUÍZO!, ORDENA MORO A ADVOGADO DE LULA
  • 2.258
  • 0
  • 12/12/2016 
  • redacao
Fabio Rodrigues Pozzebom/07.04.2015/Agência Brasil

 Juiz Sérgio Moro   (foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

O juiz federal Sérgio Moro, da Operação Lava Jato, irritou-se nesta segunda-feira (12), durante audiência do processo penal contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, por corrupção e lavagem de dinheiro no caso do apartamento triplex do Guarujá. Durante o depoimento de Mariuza Aparecida Marques, funcionária da empreiteira OAS encarregada pela supervisão do prédio do Guarujá, o magistrado e um dos defensores de Lula, advogado Juarez Cirino dos Santos, entraram em atrito.

Aos berros, Moro mandou que o advogado o respeitasse. Cirino havia dito que o juiz atua como “acusador principal”. O bate boca

ocorreu aos 13 minutos, aproximadamente, da audiência.

O procurador da República insistiu na pergunta a Mariuza sobre uma visita da mulher do ex-presidente, Marisa – também ré no processo – ao imóvel do Condomínio Solaris, no litoral paulista. “Essa visita, a dona Maria Letícia estava sendo tratada pelo grupo OAS como uma possível compradora do imóvel ou a quem o imóvel já tinha sido destinado?”

Uma advogada interrompeu. Em seguida, o procurador repetiu a indagação à testemunha. Então, o advogado entrou em cena. “Fica o protesto aqui de novo, excelência.”

“Doutor, o senhor está sendo inconveniente”, disse Moro. “A defesa não é inconveniente enquanto estamos no exercício da ampla defesa”, insistiu o advogado. “Já foi indeferida a sua questão”, afirmou o juiz. “Vossa Excelência não pode cassar a palavra da defesa, estamos colocando uma questão muito importante, relevante. O ilustre procurador da República está pedindo a opinião da testemunha.” (R7)