JUSTIÇA PERMITE VOLTA DO PROFESSOR JAMIL OCKÉ AO IME
  • 173
  • 0
  • 17/01/2018 
  • Redação

A Primeira Câmara Criminal da Segunda Turma do Tribunal de Justiça da Bahia autorizou o professor Jamil Ocké, condenado em primeira instância no âmbito da Operação Citrus, a reassumir o cargo de docente do Instituto Municipal de Ensino Eusínio Lavigne (IME), em Ilhéus. Veiculada nesta terça feira (16) no Tabuleiro, a informação é da assessoria do ex-vereador e ex-secretário de Desenvolvimento Social de Ilhéus.