HOMICIDA É FLAGRADO PELA POLÍCIA RODOVIÁRIA FEDERAL EM ITABUNA
  • 389
  • 0
  • 01/02/2020 
  • redacao

 

 

José Edvan Silva, 39 anos, confessou ter matado um motorista de Uber, na região de Praia Grande, litoral de São Paulo. Ele foi preso nesta sexta-feira (31), em Itabuna, quando tentava passar pelo Posto da Polícia Rodoviária Federal, dirigindo o carro da vítima. A rota de fuga do acusado, que pretendia voltar para Alagoas, sua antiga morada, foi interrompida no momento em que os agentes pediram seus documentos. Ele simplesmente apresentou a carteira de habilitação da vítima, Jonas Costa (foto), 37 anos, a quem matou com vários golpes de faca. Os policiais logo desconfiaram e, ali mesmo, no Posto da PRF, Edvan acabou confessando o bárbaro crime. O homem viajava em companhia da esposa e dos dois filhos – uma menina de apenas dois anos e um menino de 12. A mulher, ao que tudo indica, não sabia do assassinato que o marido havia cometido. Pensava que ele estava preso somente pelo roubo do veículo – um Chevrolet Prisma, verde, de placa ENS-7985 (Barra Grande-SP)