ILHÉUS: ALTO NÚMERO DE PROFISSIONAIS INFECTADOS NO COSTA DO CACAU, COLOCA EM CHEQUE PROCEDIMENTOS DO HOSPITAL
  • 372
  • 0
  • 21/04/2020 
  • redacao

 

O Hospital Costa do Cacau, desde que foi criado, final de 2017, tem sido referência em atendimento na região. Mas, desde que começou essa pandemia de coronavírus na região, os procedimentos e protocolos do hospital para preservar os funcionários e usuários tem sido questionado pelos próprios funcionários, além da sociedade regional. Pelo menos 3 médicos e mais de 10 profissionais foram afastados do hospital nos últimos dias por suspeita da doença. Médicos e alguns profissionais do Costa do Cacau, que não quiseram ter seus nomes revelados, estão bastante preocupados. Fomos informados que até o momento, os funcionários do hospital não tem recebido o material necessário, em quantidade adequada, de forma ágil, para utilização desses profissionais. ‘O hospital não está fornecendo EPI satisfatoriamente, o resultado dos exames demoram, e os profissionais que foram afastados por suspeita de covid19, tem voltado a trabalhar, mesmo com sintomas.” comentou um médico.  Outra funcionária diz que alguns deram negativo no teste, mas ainda estavam com os sintomas e voltaram a trabalhar, mas poderia ser que o teste deu falso negativo. Ela ainda comenta que o procedimento correto seria esperar os sintomas cessarem e repetir o exame antes de voltarem ao trabalho. Alguns funcionários tem os equipamentos de EPI, porque compraram por conta própria, mas o hospital não forneceu. Sabemos da dificuldade que está sendo em comprar esse material em todo o país, mas é importante saber que estamos tratando de vidas e não podemos ‘vacilar’.  (Ubaitaba.com)