EXPOSIÇÃO AO SOL SEM PROTEÇÃO PODE PROVOCAR DOENÇAS NOS OLHOS
  • 1.378
  • 0
  • 06/01/2015 
  • redacao

 

 

DoençasLongos períodos ao sol são extremamente danosos, em curto e em longo prazo podem surgir complicações para a saúde. Além de problemas na pele, a exposição excessiva ao ultravioleta pode danificar a córnea ou a superfície ocular. De acordo com o cirurgião-oftalmologista Renato Neves: “Não sentimos os raios ultravioleta, porém eles causam sérias doenças no nosso organismo. Pessoas mais expostas à luz solar têm uma maior tendência a desenvolver doenças oculares, como por exemplo, a catarata” diz. O médico diz ainda que a ação aguda dos raios UV sobre os olhos provoca queimaduras na superfície ocular semelhantes aquelas causadas na pele. E o efeito da longa exposição sem a devida proteção é cumulativo. A exposição excessiva ao ultravioleta refletido na areia ou no chão, ou até mesmo na neve, pode danificar a córnea ou a superfície ocular, e causam doenças como a conjuntivite. Segundo o especialista, é necessário também proteger os olhos de lesões agudas causadas por breves saídas durante os dias de sol muito forte. O uso de óculos escuros, para proteção dos olhos é recomendado inclusive nos dias nublados. “O que pouca gente sabe é que mesmo nos dias nublados, os raios de sol passam através das nuvens finas, por isso também é importante usar os óculos de sol.” Afirma Neves que explica ainda que a escolha dos óculos de sol requer recomendações especiais. “O principal é que os óculos bloqueiem de 99 a 100% dos raios UVA e UVB. E os óculos devem envolver a sua face, de têmpora a têmpora, para que os raios solares não penetrem pelo lado.” indica o médico.