CAUSAS DO FIM DO RELACIONAMENTO COMUNS
  • 861
  • 0
  • 13/03/2024 
  • redacao

Os sinais de fim de relacionamento são os piores, não são?

 É muito normal que os relacionamentos, mesmo aqueles que começaram com grande alegria e otimismo, murcham e morram. Ninguém pode prometer amar o outro para sempre, pois não podemos prever o futuro. Mas é necessário entender qual é a dinâmica de um relacionamento quando um parceiro quer sair do sindicato e o outro não.

Mesmo que algumas vezes, os rompimentos possam ocorrer devido a razões genuínas, em muitos casos, as pessoas tendem a usar algumas cláusulas típicas de escape de relacionamento para sair de um relacionamento.

  Poucos problemas são unilaterais o suficiente para terminar um relacionamento. Coisas como abuso doméstico, vício e traição com o seu parceiro vêm à mente como rompedoras de uma mão. A maioria dos relacionamentos, no entanto, entra em colapso devido à mudança de dinâmica entre os dois parceiros. É importante lembrar que, se seu parceiro decidiu encerrar o relacionamento, não se trata de você. É sobre eles e as decisões que eles tomaram com base em como eles decifram as experiências e mudanças em suas vidas.

Imagine assim, algumas coisas que fazem um casal se separar podem fazer com que outro se aproxime. O que faz uma união de amor funcionar ou não depende apenas dos dois indivíduos envolvidos.

Se você é uma mulher que foi traída, ou uma mulher presa num relacionamento sem amor, e que tem vontade de explorar outras coisas no mundo afora, não pense que o mundo não tem outras soluções melhores para você.  É bem comum mulheres se envolverem com homens mais velhos, após vivenciar várias desilusões amorosas, por que não?

A razão pela qual as pessoas usam cláusulas de escape

Mesmo se você é quem quer terminar um relacionamento, é doloroso dizer ao seu parceiro. Em nosso desejo humano de explicar o que fazemos, ficamos perplexos quando não temos uma resposta simples. Também é natural querer evitar conflitos. É por isso que ofuscamos nosso desejo de encerrar o relacionamento com frases que frequentemente confundem, culpam ou fogem de nossa responsabilidade no assunto. Isso muitas vezes pode deixar o parceiro descartado , ou pior ainda, convencido de que há motivos para continuar.

Comunicação clara e verdadeira é compassiva

Em retrospecto, podemos aprender muito para informar nossas escolhas futuras, por isso é importante olhar para os relacionamentos. Muitos casais mantêm relacionamentos defeituosos muito depois do que deveria ter sido uma data de validade. Para permanecer no sindicato, eles confiavam na ilusão de que seu parceiro se transformaria em outra pessoa mais ao seu gosto. Eles também nunca expressaram sua verdade um ao outro por medo de encerrar o relacionamento. Sabendo o que sabem agora, desejam não ter perdido tantos anos em relacionamentos azedos e insatisfatórios.

Devemos um ao outro ser claro em nossas comunicações. Compartilhar honestamente nossas questões com outras pessoas importantes, especialmente durante uma separação, é compassivo porque as informa da verdade e permite que tomem as decisões que funcionam melhor para elas.

 Muitos dos homens ou mulheres que se envolvem em relações extraconjugais, invadindo, por assim dizer, o relacionamento sugar daddy  de outras pessoas, o fazer por uma questão financeira: “eu não acho certo e não gostaria que fosse comigo, mas não posso abrir mão do meu patrocínio financeiro”, esse é um pensamento muito comum.

O significado oculto em  frases comumente usadas

As pessoas usam cláusulas de escape para sair de relacionamentos. Essas frases comumente usadas não são verdadeiras sobre a real intenção do usuário. Podemos dizê-los esperando que não machuquemos o destinatário, mas eles pioram as coisas.

A seguir, é o significado que decifrei quando alguém usa essas frases para encerrar uma conexão romântica. Se você estiver ouvindo alguma dessas perguntas do seu parceiro, preste atenção a essa interpretação antes de aceitar palavras que o manterão apegado a um relacionamento que está afundando.

1. Não é você, sou eu.

Isso é verdade, é sobre eles; são eles que decidem terminar o sindicato. Mas, ao usar essas palavras, o usuário evita deliberadamente sua responsabilidade de explicar o porquê. Quando isso é tudo que você obtém, você passa um tempo se torturando pensando no que poderia estar fazendo para corrigir o problema, se soubesse o que era. Mas você não receberá uma resposta, pois ele / ela não deseja que você a conserte. Sei que isso é difícil de aceitar, mas quando você ouvir isso do seu parceiro, siga em frente sem ele. Eles já foram embora e não querem fazer nada para mudar de ideia.