OPINIÃO: DILMA NO CAMINHO DO BREJO (Por Samuel Celestino)
  • 339
  • 0
  • 10/07/2015 
  • Redação

brejo

O cerco dos partidos de oposição à presidente Dilma Rousseff não fica tão somente restrito aos partidos que estabelecem confronto com seu governo, mas, de igual modo, com parte do PMDB que se situa entre os partidos aliados do governo. Politicamente isolada, a presidente sofreu nesta quarta-feira (8) nova derrota no Congresso justo com o apoio peemedebista que, seguramente, a feriu fundo: foi a aprovação do projeto que estende o reajuste do salário mínimo aos aposentados, que seria uma medida acertada se o país não estivesse de ponta-cabeça, enfrentando uma crise econômica que derrubou a popularidade de Dilma e atingiu também em cheio o PT e seu maior líder, Lula. A decisão congressual coloca os aposentados contra a presidente, que pretende editar uma medida provisória e estabelecer um veto à aprovação, prejudicando os beneficiados, que bem merece o aumento. É muito provável que o veto não prevaleça porque será derrubado quando chegar ao Congresso. A aprovação foi certamente mais uma medida para impopularizar a presidente, que está isolada no Palácio do Planalto. Ao mesmo tempo, ela determinou a abertura de negociação com as centrais sindicais para estabelecer, mais adiante, aumento à Previdência. O certo é que a decisão atingiu em cheio Dilma que, pelo que se observa, está no caminho do brejo.