PREFEITO DE ILHÉUS REDUZ PRÓPRIO SALÁRIO EM 40 50%
  • 224
  • 0
  • 13/09/2015 
  • Redação
O prefeito de Ilhéus retirou 40% de seus subsídios, além de determinar a redução em 20% dos salários de secretários e cargos de confiança

O prefeito de Ilhéus retirou 40% de seus subsídios, além de determinar a redução em 20% dos salários de secretários e cargos de confiança

Faltam 411 municípios. Pela contagem do Bocão News, o prefeito de Ilhéus, Jabes Ribeiro (PP), é o sexto gestor baiano – das 417 cidades do estado – a reduzir o próprio salário. Com popularidade em baixa, o chefe do Município localizado no Sul da Bahia, retirou 40% de seus subsídios, além de determinar a redução em 20% dos salários de secretários e cargos de confiança. O vice-prefeito Carlos Machado equiparou os rendimentos dele ao de secretários. A medida, de acordo com Ribeiro, é para reduzir os gastos com pessoal.

“Nada mais justo do que nós mesmos darmos o exemplo e nossa contribuição para alcançarmos esse objetivo”. Ribeiro enfatizou que a medida é voluntária, já que seus vencimentos são determinados por lei aprovada na Câmara de Vereadores. A redução de salários deve resultar na economia de R$ 143 mil, o que representa pouco mais de 1% do total da folha de pagamento mensal da Prefeitura.

Na lista de prefeitos que já cortaram no próprio bolso estão: Ademar Delgado, do PT (Camaçari); Eures Ribeiro, PV (Bom Jesus da Lapa), Luzinar Medeiros, PSD (Mundo Novo);Antonio Dessa Cardozo (São Gonçalo dos Campos); e Márcio Paiva, PP (Lauro de Freitas).