UBATÃ: SUPERLOTAÇÃO DE CEMITÉRIO PREOCUPA POPULAÇÃO
  • 977
  • 0
  • 07/11/2015 
  • redacao
Não existe mais um palmo de terra  disponivel no cemitério

Não existe mais um palmo de terra disponível no cemitério

A superlotação do cemitério  municipal de Ubatã vem preocupando a população da cidade que já imagina a hora de sepultar os seus mortos, cujo ritual vem se transformando numa ação difícil. A situação é de calamidade pública, pois não exite no cemitério da cidade, um único palma de terra disponível atualmente.    Para sepultar um morto o coveiro tem que fazer malabarismo para encontrar espaços e abrir a  sepultura ” Não existe mais lugar para cavar novas covas, por isso estamos sepultando uns sobre os outros. Há casos de termos de retirar ossadas novas para enterrar o morto que ali chega” disse o coveiro.

Sem espaço as covas são cavadas no meio da rua de acesso.

Sem espaço as covas são cavadas no meio da rua de acesso.

De acordo com informações, o  Cemitério de Ubatã foi construído para uma população bem pequena, quando a cidade era ainda uma vila. “Nunca passou por reforma ainda há espaço para construção de gavetas mais a prefeitura nunca se preocupou, disse o fiscal  João Batista de Jesus. A Câmara de Vereadores, por sua vez, precisa cobrar da prefeita Siméia Queiróz para que providências seja tomadas. Ubaatã já carece da construção de um novo cemitério.(Fonte: jornaltribunadaregiao. com.br)