GLOBO ENTRA NA JUSTIÇA PARA NÃO PERDER LIBERTADORES ATÉ 2022
  • 2.412
  • 0
  • 15/01/2016 
  • Redação
globo
A Globo definitivamente perdeu a paz no que se refere a direitos de transmissão de eventos esportivos. Enquanto luta para não deixar o Esporte Interativo tomar o Brasileirão em TV por assinatura a partir de 2019, e lida com a mesma concorrência nos principais estaduais do país, a emissora foi aos tribunais para impedir a perda dos direitos da Copa Libertadores da América. Segundo reportagem da versão online da revista Veja, a TV Globo entrou com uma ação no Rio de Janeiro contra a Conmebol (Confederação Sul-Americana de Futebol) após o cancelamento do contrato que a entidade tinha com duas empresas que repassavam os direitos de transmissão da Libertadores à emissora brasileira. O rompimento do acordo da Conmebol com as empresas “T&T Sports Marketing LTDA” e “Torneos & Traffic Sports Marketing” veio após as denúncias de propina nas compras de direitos de transmissão das competições da entidade sul-americana. A Globo se sentiu ameaçada, pois transmite torneios como a Libertadores, Copa Sul-Americana e Recopa Sul-Americana com base no contrato assinado entre ela e as duas empresas punidas pela confederação. Além de perder os direitos, há o risco de a emissora ter que pagar novamente por campeonatos que ela já comprou anteriormente. É o que o canal alega na ação. “O recado não poderia ser mais claro: querem revender a terceiros (outras emissoras) ou à própria autora (Globo), por valor superior ao originalmente contratado, aquilo que já cederam à Globo, para a obtenção de maior lucro”, diz um trecho da ação. (Torcedores.com)