MAJOR DIZ QUE MATOU MULHER DENTRO DE ESCOLA POR CIÚMES
  • 622
  • 0
  • 14/05/2016 
  • Redação
Valdiógenes Almeida Cruz Júnior,foi autuado em flagrante por homicídio qualificado pela morte da professora Sandra Denise Costa Alfonso,

Valdiógenes Almeida Cruz Júnior, foi autuado em flagrante por homicídio qualificado pela morte da professora Sandra Denise Costa Alfonso,

O major Valdiógenes Almeida Cruz Júnior, 45 anos, subcomandante do 3º Grupamento de Bombeiros Militar (GBM/Iguatemi), foi autuado em flagrante por homicídio qualificado pela morte da professora Sandra Denise Costa Alfonso, 40, dentro de uma escola em Castelo Branco na manhã desta sexta-feira (13). Os dois estavam casados há 21 anos e tinham uma filha adolescente. O major alegou como motivação para o crime ciúmes, afirmando que desconfiava de uma traição da mulher.Depois de cometer o crime, dentro da escola onde Sandra era professora e vice-diretora, o major fugiu. Ele se apresentou na Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP)  na  noite desta sexta feira (13),  acompanhado de prepostos da Corregedoria dos Bombeiros e de advogados. Ele foi autuado em flagrante pelo delegado José Bezerra.Valdiógenes entregou no DHPP a arma usada no crime, uma pistola ponto 40 de uso pessoal, que estava com oito cartuchos intactos.