AURELINO LEAL: GOVERNADOR INAUGURA QUADRA DE ESPORTE E ANUNCIA OBRAS NA CIDADE
  • 471
  • 0
  • 27/05/2016 
  • Redação

 

O governador inaugurou a quadra Poliesportiva Gilberto Andrade

O governador  ao lado  da prefeita e dos deputados  deputados Davidson Magalhães  e Rosemberg Pinto descerrou   a faixa inaugural da Quadra Poliesportiva Gilberto Andrade

A  nova quadra veio atender uma reivindicação da joventude

A nova quadra veio atender uma reivindicação da juventude

Bahia, têm até a próxima quinta-feira (02/06) para fazer gratuitamente o exame de mamografia. O governador Rui Costa visitou, nesta sexta-feira (27), a unidade móvel do programa Saúde sem Fronteiras de rastreamento de câncer de mama, entregou uma quadra poliesportiva para os moradores, construída com recursos estaduais, dois tratores com implementos agrícolas, e visitou uma creche e o hospital regional no município.

Rui afirmou que são entregas e visitas a equipamentos que visam melhorar a vida das pessoas. “A quadra poliesportiva é um investimento de mais de R$ 400 mil. Nós temos outro convênio para a recuperação do estádio de futebol, que está recebendo investimentos de R$ 547 mil do Estado. Quero voltar ainda este ano para inaugurá-lo”.

Os tratores serão destinados a Associação dos Pequenos Agricoltores

Os tratores serão destinados a Associação dos Pequenos Agricultores

O governador chamou todas as mulheres entre 50 e 69 anos, que moram em Aurelino Leal, para que façam o seu exame preventivo do câncer de mama. “É um exame que todas as mulheres têm que fazer. O nosso serviço móvel ajuda para que elas possam fazer seus exames nos municípios onde moram. A maioria dessas mulheres não vai ter nada. Mas algumas, que vão poder descobrir cedo, terão a oportunidade de tratar”.

Dezenas de mulheres  passaram pelo exame de mamogafia

Dezenas de mulheres passaram pelo exame de mamografia

Sobre os tratores, Rui disse que vão ajudar os agricultores a produzir mais e melhor. Ele comentou que a Bahia é o estado brasileiro com maior número de pessoas vivendo da agricultura. São quase 700 mil famílias, cerca de 2,8 milhões de baianos. “Agricultura familiar não é mais plantar apenas com enxada, estamos mecanizando a agricultura familiar, para que o agricultor produza mais e aumente sua renda, gastando dinheiro nas cidades e aquecendo a economia. Ao cuidar do campo, ajudamos a melhorar a renda também na cidade”. (Daniel Sena/Secom)