TRAFICANTES TORTURAM SUSPEITOS DE MORTE DE CRIANÇAS DE 3 ANOS EM SP
  • 992
  • 0
  • 18/10/2017 
  • redacao

Garotas foram achadas mortas trancadas dentro de carro (Reprodução)

Dois homens apontados como responsáveis pela morte de duas meninas na favela do Jardim Lapena, em São Paulo, foram torturados por traficantes da região. A Polícia Militar resgatou os dois agredidos na segunda-feira (16). A Polícia Civil afirmou que investiga os dois, mas não os trata como suspeitos, até porque ainda não confirmou se as duas meninas de 3 anos foram de fato assassinadas. A informação é da Folha de S. Paulo. Adrielly Mel Severo Porto e Beatriz Moreira dos Santos eram vizinhas e desapareceram juntas em 24 de setembro. Os corpos foram achados no último dia 12, dentro de um Fiat Fiorino, a apenas 150m das casas das duas. A polícia investiga se elas foram vítimas de crime violento ou morreram acidentalmente, se trancando no carro. Um dos agredidos na favela já tem passagem por estupro. O outro é vizinho das meninas. Este último afirmou conhecer as crianças e também disse que a mãe de uma delas já o tinha visitado com a filha. Os dois negam qualquer envolvimento com a morte das crianaças. Depois que surgiu o boato de que os dois teriam sequestrado, estuprado e matado as crianças, traficantes capturaram a dupla, conduzindo sessões de tortura como punição. A polícia afirma aguardar laudos para identificar formalmente as vítimas e saber a causa da morte. (Estadão)