DEPUTADA RUSSA ORIENTA QUE MULHERES EVITEM SEXO COM ESTRANGEIROS NÃO-BRANCOS
  • 116
  • 0
  • 14/06/2018 
  • Redação

Foto: Divulgação / Fifa

Uma deputada russa orientou que as mulheres do país sede da Copa do Mundo 2018 evitem sexo com estrangeiros não-brancos para evitar filhos mestiços. Líder da comissão das famílias, mulheres e crianças no Parlamento, Tamara Pletnyova fez a polêmica afirmação ao ser questionada por uma rádio local sobre a repetição das “Crianças Olímpicas”, fenômeno registrado nos anos 1980, quando Moscou sediou os Jogos Olímpicos. “Uma coisa é se elas são da mesma raça, mas a situação é outra se são de raças diferentes. Não sou nacionalista, apenas sei que as crianças sofrem”, argumentou a parlamentar. Tamara ressaltou ainda a possibilidade de russas se tornarem mães solteiras. “Mesmo quando as russas se casam com estrangeiros, os relacionamentos frequentemente acabam mal. São abandonadas no exterior ou na Rússia”, acrescentou. Segundo o jornal O Globo, os parlamentares não questionam apenas a questão étnica. O deputado Alexander Sherin disse à mesma rádio que os estrangeiros podem levar vírus para a Rússia, além de substâncias banidas pelo governo. BN