APRENDA A CALCULAR RETORNO DO INVESTIMENTO EM IMÓVEIS EM SALVADOR
  • 412
  • 0
  • 06/08/2020 
  • redacao

 

                           Saiba se sua aplicação vale realmente à pena ou não

 

São muitos os imóveis à venda em Salvador disponíveis no mercado e a cada dia surgem novas construções e empreendimentos. Isso só mostra a potência, a força do mercado imobiliário. É inegável o quanto esse segmento traz um potencial de lucros enorme. Todavia, como ocorre com todo tipo de negócio, existe a questão do retorno do investimento.

Quando será que investir em imóveis vale a pena, tendo em vista o retorno dado? Como se faz para calcular o retorno de investimento em imóveis? É o que será abordado adiante.

O que é o retorno de investimento?

O retorno de investimento, também conhecido como ROI, constitui-se em uma métrica de suma relevância para que se possa avaliar o quão proveitoso foi ou não um determinado investimento para alguém. Em outras palavras, ele serve para mostrar o quanto um investimento pode render. Quanto maior for esse retorno, melhores serão os resultados obtidos.

Assim sendo, antes de efetivamente decidir sobre a aplicação que pretende fazer, você precisa fazer o cálculo do retorno do investimento, para ter uma garantia de que esse aporte vai de fato trazer o lucro que se almeja.

Trata-se de um indicador fundamental para se tomar decisões mais seguras e rentáveis no meio empresarial. E isso também funciona para o mercado imobiliário.

É necessário ter em mente que os imóveis são bens de valor elevado. Em consequência disso, as negociações que os envolve também está imersa em grandiosas somas de dinheiro. Uma decisão equivocada pode trazer muitos prejuízos para o consumidor.

Vale dizer que essa taxa de retorno de investimento vale tanto para a venda de imóveis, quanto para a locação desses espaços.

Calculando o custo total da compra do imóvel

A primeira coisa para se calcular o retorno de investimento é entender e mensurar qual é o real e efetivo tamanho do investimento. É essencial pensar com cuidado nisso porque o preço de compra raramente é o único valor que precisa ser pago.

A nível de exemplo, imagine que você comprou um apartamento usado cujo valor é 600 mil. Contudo, você pagou cerca de 4 mil de despesas legais e documentos e algo em torno de 20 mil reais de dívidas anteriores do imóvel. Sendo assim, no total você pagou de fato 624 mil por esse novo espaço.

Ou seja, há uma série de outras despesas além do valor em si do imóvel que podem estar envolvidas e elas precisam ser devidamente computadas no custo total do mesmo.

Analisando o valor de mercado do imóvel

Ainda que, obviamente, você queira ter o máximo possível de retorno dentro do menor tempo possível é essencial pontuar que o valor é determinado, na realidade, pelo mercado. Com efeito, de nada serve jogar o preço lá para cima e não houver pessoas interessadas, porém, igualmente não é proveitoso ofertar um valor muito baixo que não sirva nem para cobrir o investimento.

Desse modo, você necessita efetuar uma pesquisa a respeito de imóveis similares na região e descobrir por qual valor eles foram vendidos ou então alugados. Isso fornecerá uma sólida base a respeito daquilo que você pode cobrar pelo imóvel.

Nesse instante, aliás, você precisa o que tem vontade de fazer com o apartamento em Salvador ou casa, ou seja, se você pretende vendê-lo ou então alugá-lo. Com isso, você poderá estabelecer o preço a ser cobrado na operação.

Efetuando o cálculo do retorno do investimento

Tendo em consideração os elementos avaliados nos tópicos anteriores, agora se pode de fato efetuar o cálculo de retorno do investimento. Para que isso seja possível, a fórmula utilizada habitualmente é a seguinte: ROI = [Lucro com investimento/Custo Inicial] x 100%.

Observa-se que, com essa equação, quanto maior for o valor encontrado, maior será o lucro que foi obtido e, por conseguinte, mais vantajoso foi o investimento. Um ROI nulo significa que o investimento não alterou a situação e um ROI negativo representa que você teve prejuízo, ou seja, que você perdeu dinheiro.

Assim sendo, tome-se como como exemplo que você tenha comprado um imóvel com o custo efetivo total de R$550 mil e quer aluga-lo por R$4 mil. O seu retorno nesse caso é de 0,7% mensais.

Esse é um valor que se encontra na média de certos investimentos do mercado, mas pode ser aprimorado caso você suba o aluguel para R$4,5 mil, momento esse em que passa a conseguir um retorno de 0,8%.

Por outro lado, pense que você quer vender o imóvel. Após efetuar algumas melhorias e de uma certa valorização no bairro e arredores, o valor do imóvel subiu para 600 mil. Nesse cenário, o seu ROI é de 9%, pois o seu lucro efetivo é de R$50 mil. Se você levar 3 meses para conseguir vender, então o retorno médio por mês é de 3%, o que supera o lucro que seria obtido com o aluguel.

No entanto, se você levar algo em torno de 15 meses para fechar a venda então o retorno médio será de 0,6%, o que é menor do que os 0,8% proporcionados por um aluguel de R$4,5 mil.

Desse modo, vale muito a pena levar em consideração não só o retorno por si só, mas também o retorno sobre o tempo, a fim de que se possa descobrir qual é a oportunidade mais interessante e lucrativa para o seu investimento.

Em outras palavras, caso você compre uma das casas para vender em Salvador disponíveis no mercado e quer encontrar a oportunidade mais vantajosa para você, ou seja, se alugar ou vender é a alternativa mais interessante, então definitivamente você necessita efetuar o cálculo de retorno de investimento. É que te indicará de uma maneira mais concreta qual opção trará um lucro maior e, por conseguinte, compensará mais escolher.

Agora você sabe o que é o retorno de investimento em imóveis, quais são as variáveis envolvidas nesse processo e sabe como fazer o cálculo desse retorno. Curta e compartilhe esse post em suas redes sociais!