“BOLSORINGA”: ISTOÉ SATIRIZA BOLSONARO E CAPA VIRALIZA NAS REDES
  • 255
  • 0
  • 15/11/2020 
  • redacao

 

A capa da edição da revista IstoÉ desta semana, que traz uma montagem unindo o rosto do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) com o corpo e a maquiagem do vilão dos quadrinhos Coringa, viralizou nas redes sociais nesta sexta-feira (13). No Twitter, os usuários levaram o termo “Bolsoringa” aos mais comentados na plataforma. Além da fotomontagem, a capa da revista ainda traz a imagem de um barril de pólvora. A chamada traz um tom forte de crítica ao presidente. “Inconsequente, irresponsável e insano”, diz a chamada principal. “Até que ponto pode chegar um presidente no desrespeito e descaso para com os brasileiros, de quem debocha e faz pouco caso com ataques homofóbicos”. As críticas não param aí. A legenda da fotomontagem diz: Fanfarrão: O presidente Jair Bolsonaro tripudia da vida dos outros, despreza a vacina e arma um circo político de mentiras, em escárnio absoluto que provoca a repulsa nacional”. Nesta semana, Bolsonaro comemorou a suspensão de testes da Coronavac, vacina contra a Covid-19 “apadrinhada” por seu rival político João Doria (PSDB), dizendo que com o episódio ele tinha “vencido”. Depois, se soube que um voluntário da vacina tinha morrido por suicídio ou overdose. O presidente ainda disse que o Brasil era um “país de maricas”, ao criticar a parcela da população que teme o novo coronavírus, responsável por mais de 164 mil mortes até o momento. Em seu entender, todos deveriam enfrentar o Sars-Cov-2 “de peito aberto”. Nos quadrinhos, o Coringa é um dos vilões que antagonizam com o Batman. As versões do personagem para o cinema, em especial nos filmes em que ele aparece com o super-herói, sempre mostram uma personalidade doentia, que satiriza desgraças e não demonstra compaixão. Uma versão mais “humanizada” foi apresentada no longa “Coringa” (“Joker”), cuja imagem ilustra a capa da revista.