JAILTON ARAUJO ADMITE CANDIDATURA A PREFEITO DE UBAITABA
  • 26.490
  • 17
  • 18/01/2015 
  • Redação
Jaílton  vai assumir  a presidência DA CDL  pela segunda vez.

Jaílton vai assumir a presidência DA CDL pela segunda vez.

O  empresário  Jailton Araújo que deve assumir a presidência da CDL no próximo mês de  fevereiro  (dia 28), admite  a possibilidade de ser candidato a prefeito de Ubaitaba em 2016. A candidatura segundo ele,  já  recebeu apoio da cúpula do seu partido PR. Ele também não descartou a possibilidade de apoiar outros nomes do grupo de oposição.  Mas deixou  claro que tem pretensões de disputar as eleições para o Palácio da Colina.

Jaílton já conta com apoio da maioria dos comerciantes filiados a entidade que está insatisfeita com a atual administração municipal.  Natural de Ubaitaba, de origem  humilde,  Jailton Araujo começou a trabalhar ainda jovem como ajudante de pedreiro,   balconista e depois abriu seu próprio negócio. Hoje se destaca como  importante empresário no ramo de Material de construção. Ocupou a presidência da C DL onde realizou uma administração exemplar  e agora  foi reconduzido ao cargo por    unanimidade da diretoria. (Fonte: jornaltribunadaregiao.com.br)


  1. SILVIA disse:

    Só não pode abrir a boca pois fala tudo errado.

    • ROSA disse:

      Acho que você se acostumou com um prefeito que domina muito bem a língua portuguesa e fala tão bonito que está a 16 anos enganando os trouxas com sua lábia.

      • OBSERVADOR disse:

        Podemos lembrar também das gravações combinando como emitir Notas Frias, veiculadas na Imprensa e neste conceituado Jornal.

        Com o Prefeito de Aurelino Leal Pr. Geovani Gagliano, quando seu sogro era Secretário de Administração e sua esposa auxiliar administrativa.

        Mas como o povo não te memória!….

    • REALISTA disse:

      OBSERVADOR, vc deve ser natural de Ubaitaba-BA, já que afirma com tanta veemência q o povo não tem memória, afinal o ladrão Bêda e seus comparsas Marcos Líger e Gustavo Cerqueira, estão perpetuando-se no poder por 16 anos e o povo nada faz. Por que “atacar” Jailton? Gravação de nota fria?? kkkkkkkkk Ah, tá! Aquela mentirada q foi divulgada na rádio de Bêda, molhando a mão do locutor Jackson Cheirador! Vai procurar um trabalho OBSERVADOR e pare de luxar com o dinheiro do povo!

  2. SILVANO NETO disse:

    Venho por meio externa meu apoio a Jailton .
    Natural de Ubaitaba, de origem humilde, Jailton Araujo começou a trabalhar ainda jovem como ajudante de pedreiro, balconista e depois abriu seu próprio negócio estamos juntos .

  3. Bebeto disse:

    Jailton é um grande homem, uma grande liderança. Vamos apoiá-lo!

  4. OBSERVADOR disse:

    Não entendo porque a credibilidade do site e do jornal, dedica-se a refutar um simples comentário de notório saber público em relação a postulação da candidatura de Jailton, apenas lembro a comunidade a dificuldade de encontrar um novo cenário, nova via, nova opção à politica de Ubaitaba.

    Na tentativa de obter sucesso na publicação e não na censura do meu comentário, republico-o abaixo:

    Podemos lembrar também das gravações combinando como emitir Notas Frias, veiculadas na Imprensa e neste conceituado Jornal.

    Fato ocorrido na gestão do Prefeito de Aurelino Leal Pr. Geovani Gagliano, quando seu sogro era Secretário de Administração e sua atual esposa auxiliar administrativa.

    Mas como o povo não te memória!….

  5. Hugo Henrique R. de Almeida disse:

    Ubaitaba precisa de mudança, não de quem fala bonito, aliás, Collor de Melo, os Doutores economistas da Petrobrás, os Médicos Ubirajara, Wilson (ex-prefeitos de Aurelino Leal) e outros que dominam bem a linguagem são os principais responsáveis pelo caos de corrupção que toma atualmente nosso país… Não vejo discrepâncias nas falas de Jailton, na verdade, de acordo com o livro “Preconceito Linguístico” de Marcos Bagno, não há erro gramatical quando se consegue passar a mensagem ao receptor e o discurso de Jailton é entendido bem pela comunidade ubaitabense: Acabar com ditaduras modernas e promover a mudança que o processo democrático exige…

    • OBSERVADOR disse:

      Jailton, já começa com o histórico negativo no caso da Prefeitura de Aurelino Leal, quando ele na gravação exposta pela mídia combinava como emitir Notas Ficais Frias, e desviar recursos, auxiliado por seu sogro na época Secretário de Administração, e sua atual esposa auxiliar administrativa.

      Pois bem, como então credibilizar a mudança proposta por ele? Jailton não havia ocupado nenhum cargo e já estava malfadado na vida pública.

      Fico a me perguntar e transfiro aos leitores e ao jovem e futuro Dr. Hugo Henrique.

      Ainda em tempo ressalto, por que não Karlos Moda, Kekede? Esses sim representam o novo no cenário politico, os outros são farinha do mesmo saco. Desafio qualquer outro postulante na politica de Ubaitaba.

    • Maria disse:

      Aurelino Leal tem como marca a memória do povo, por isso, como cidadã aureliense, venho externar meu apoio a Jailton (ainda q seja apenas por declarações, uma vez q voto no Município vizinho), pois conheço a a sua história de vida, de humildade, honestidade e muito trabalho; quanto à sua esposa e seu sogro, desempenharam um excelente trabalho aqui em Aurelino Leal, ajudando a todos indistintamente, sem perseguir ninguém, deixando como marca uma administração transparente e democrática. Avante, Jailton! Ubaitaba precisa de vc!!!!!!

  6. UBAITABENSE disse:

    Hugo se vc usasse a línguagem que ele usa na sua redação de vestibular com certeza não seria hoje estudante de medicina

    • Hugo Henrique Ribeiro de Almeida disse:

      Caro amigo Ubaitabense, o livro de Bagno é uma referência na gramática brasileira e o que explicitei no comentário anterior não é uma conclusão pessoal, mas algo consagrado como tal na língua portuguesa… Mas apenas retificando o que disse, lhe digo que não existe erro na linguagem falada, mas uma transgressão da norma culta, o que não configura erro ou motivo para depreciação. Ou seja, se o sujeito falar “chapé ou chapeu” dá no mesmo, desde que se entenda que ele se refere ao adereço que as pessoas usam na cabeça. Já no caso da linguagem escrita, realmente o rigor gramatical é exigido, aliás é fator de altíssima seleção em vestibulares e outros certames, entretanto, no campo da política não há nenhuma lei em nossa constituição que regulamente o falar correto para candidatos, até porque como disse, não existe erro… Caso tenha dúvida, pergunte ao Deputado Federal mais votado do Brasil [Tiririca], ou ao duas vezes presidente [Lula]. Saudações!!

    • Fulana disse:

      Ubaitabense, você mora em Ubaitaba mesmo? Tem história, filhos aqui como eu tenho? Como você avalia a atual situação política da nossa cidade?

  7. Eleitor disse:

    Imagina se esse homem ganha para ser prefeito de Ubaitaba? Se já dava “aulas” para falsificar notas frias e desvios de verbas imagina se assumir a prefeitura da cidade. Vai deixar a PREFEITURA SUCATEADA. Sai fora Ubaitaba enquanto há tempo.

  8. Fâ de Hugo Henrique Almeida disse:

    UBAITABENSE, leia mais uma vez o discurso do futuro médico Hugo Almeida, este que também é considerado uma dos maiores jornalistas da região… Hugo diz: ” de acordo com o livro “Preconceito Linguístico” de Marcos Bagno, não há erro gramatical quando se consegue passar a mensagem ao receptor…”, está totalmente correto no que concerne ao mundo político. Acredito que seja do seu total desconhecimento, UBAITABENSE, o que versa a nossa Carta Magna, no sentido de que o voto deve ser secreto e direto; e pode ocorrer por meio de plebiscitos, referendos ou iniciativas populares. Chama-se de eleição de voto direto, aquela que não possui mediações entre o resultado e o voto, ou seja: quando é dado o mesmo valor e importância ao voto de cada eleitor, independente do conjunto social e político a que este pertença. Débil UBAITABENSE, com exceção dos analfabetos e maiores de 16 e menores de 18 anos, quem vota pode ser votado, não faz-se necessário uma avaliação da linguagem técnica em estrito! Logo, o discurso do futuro médico Hugo Henrique e do escritor Marcos Bagno, está totalmente voltado para a realidade do nosso País, pois graças a linguagem popular do Sr. Luís Inácio da Silva (Lula), diminuiu-se a desigualdade social do Brasil! Agora, este discurso do futuro médico Hugo Henrique e do escritor Marcos não se aplica aos Policiais Federais, Promotores, Juízes e Desembargadores que estão julgando os crimes praticados pelo prefeito Bêda e seus comparsas, pois Policiais Federais, Promotores, Juízes e Desembargadores fazem concurso público.

  9. UBAITABENSE disse:

    Lucila advogada de Jailton rsrsrs.