JEAN AFIRMA QUE CARLOS BOLSONARO É ‘FÁBRICA DE FAKE NEWS’ E DIZ: ‘BICHA TRAVADA NUM ARMÁRIO’
  • 139
  • 0
  • 18/06/2019 
  • redacao

Foto: Reprodução/Instagram/ Agência Brasil

O ex-deputado federal Jean Wyllys (PSOL) chamou o vereador Carlos Bolsonaro (PSL) – filho do presidente Jair Bolsonaro (PSL) – de “bicha travada num armário”, “burro” e “mau” em um postagem nas redes sociais.

Carlos Bolsonaro tem sido apontado como o responsável por promover uma rede de fake news contra o jornalista Glenn Greenwald, que divulgou supostas conversas entre o ministro da Justiça e Segurança Pública, o ex-juiz Sergio Moro, e o procurador do Ministério Público Federal (MPF), Deltan Dallangon. Glenn é casado com o deputado federal David Miranda (PSOL), que era suplente de Jean Wyllys.

“O filho do presidente teve todas as chances e meios de enfrentar a homofobia do pai e ser uma bicha como eu sou – orgulhosa de mim, inteligente, ativista e honrada, disposta a lutar por justiça social – mas optou por ser essa vergonhosa fábrica de fake news homofóbicas. Se essa bicha travada num armário vivesse sua homossexualidade com vergonha mas sem fazer danos à reputação de ninguém em função desta, eu jamais iria me referir à sua orientação sexual vivida com culpa e medo. Deixaria ela lá em seu armário, destruindo-se por dentro”, disse o ex-parlametar Wyllys, em sua conta no Twitter.

“Aliás, quero deixar claro que só estou me referindo à homossexualidade enrustida do filho homofóbico, burro e mau do presidente porque esta vem sendo o motor horrores perpetrados por ele contra mim e outras pessoas honradas na internet”, acrescentou.  BN

Jean Wyllys
@jeanwyllys_real

Se essa bicha travada num armário vivesse sua homossexualidade com vergonha mas sem fazer danos à reputação de ninguém em função desta, eu jamais iria me referir à sua orientação sexual vivida com culpa e medo. Deixaria ela lá em seu armário, destruindo-se por dentro.