PRESO SARGENTO DA MARINHA QUE GUARDAVA ARMAS PARA TRAFICANTES DENTRO DE CASA NO RIO
  • 1.445
  • 0
  • 28/11/2014 
  • redacao

Jerônimo Ronaldo disse que enfrentava dificuldades financeiras ( Foto: Reprodução/TV Globo)

Jerônimo Ronaldo disse que enfrentava dificuldades financeiras ( Foto: Reprodução/TV Globo)

O sargento da Marinha Jerônimo Ronaldo Severino Pereira, 42 anos, preso ontem (27), pela Polícia Civil do Rio, com várias armas em casa procedentes de uma facção criminosa será transferido nas próximas horas para o Presídio Militar da Marinha, na Ilha das Cobras, na Baía de Guanabara, onde ficará à disposição da Justiça Militar.

Foto: Divulgação/Polícia Civil

Foto: Divulgação/Polícia Civil

Em um fundo falso, na garagem de casa, em Padre Miguel, na zona oeste, foram encontrados, dentro de diversos toneis, dez fuzis, duas metralhadoras, nove pistolas e cerca de 20 mil munições de vários calibres. O militar está na Marinha há 21 anos.

Segundo a Polícia Civil, o material pertencia ao tráfico de drogas da comunidade Vila Vintém, que fica próximo à residência do militar. Em depoimento à polícia, Jerônimo Pereira disse que enfrentava dificuldades financeiras e recebia R$ 8 mil mensais, de traficantes de drogas, para guardar o armamento em casa quando a polícia fazia operações na região.

O delegado Antenor Lopes, responsável pela prisão, disse que o militar vai responder por associação ao tráfico, além de porte ilegal de armas e munição. A polícia apreendeu, também, dois carros, carregadores e silenciadores para uso em armas automáticas. Agência Brasil